Encontro Nacional de Engenharia e Desenvolvimento Social, XIV Encontro Nacional de Engenharia e Desenvolvimento Social

Tamanho da fonte: 
Os Impactos Ambientais e Sociais da construção da Barragem de Oiticica – Jucurutu/RN
Ana Sulamita Bezerra da Silva, Jacimara Villar Forbeloni

Última alteração: 2017-10-22

Resumo


Uma das maneiras de se atenuar a escassez hídrica nas regiões do Nordeste Brasileiro, causada pelos longos períodos de estiagem, são as barragens de regularização. Entretanto, a construção destas é alvo de críticas por causar grandes impactos sobre os meios atingidos. Isto posto, o intuito deste trabalho é levantar, identificar e avaliar os impactos socioambientais gerados pela construção da Barragem de Oiticica (Jucurutu/RN), sobretudo em sua área de influência direta. Para isso, realizou-se análises dos estudos de impactos ambientais da obra, observações de campo e análise de discursos dos atingidos pela obra. Verificou-se que já na fase de construção a obra apresenta grandes impactos: degradação do solo, assoreamento, destruição da vegetação, poluição e problemas sociais. A não adoção de medidas de proteção socioambiental caracterizariam a obra como mal definida e inviável, assim, percebe-se a importância da realização integral dos programas de proteção ambientais nesta obra.


Palavras-chave


Barragem de Oiticica. Impactos Socioambientais. Área de Influência Direta.

Texto completo: PDF